Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Novartis

Referência

cloridrato de xilometazolina

Apresentação

Gotas nasais (sol. nasal) (0,1%). fr. plast gotejador c/ 15 ml. Gel nasal (0,1%). Tubo c/ 10 gramas.

Indicações

Para o alívio da congestão nasal causada por resfriados, febre do feno ou outras rinites alérgicas e sinusite. Como auxiliar na drenagem das secreções em afecções dos seios paranasais. Na otite média, como adjuvante para descongestionar a mucosa nasofaringeana. Para facilitar a rinoscopia (somente Otrivina gotas).

Contra-indicações

Hipersensibilidade a algum dos componentes da formulação. Assim como para outros vasoconstritores, Otrivina não deve ser utilizado em pacientes com hipofisectomia transesfenoidal ou após cirurgias nas quais a dura-máter tenha sido exposta.

Advertências

Otrivina®, assim como outros agentes simpatomiméticos, deve ser utilizada com cuidado em pacientes que apresentam forte reação a substâncias adrenérgicas, evidenciadas por sinais de insônia, tontura, tremor, arritmias cardíacas ou pressão arterial elevada. Assim como outros vasoconstritores tópicos, Otrivina® não deve ser utilizada continuamente por períodos que ultrapassem 3 dias consecutivos: o uso excessivo ou prolongado pode causar congestão de rebote. Não exceder a dose recomendada, especialmente em crianças e em idosos.Não utilizar Otrivina® 0,05% em crianças com menos de 2 anos sem antes consultar o médico. É recomendado cuidado em pacientes com hipertensão, doença cardiovascular, hipertireoidismo, glaucoma de ângulo estreito, diabetes mellitus, em pacientes portadores de feocromocitoma e hiperplasia da próstata. Devido ao ressecamento da mucosa ocular que Otrivina® pode provocar, deve-se ter atenção especial com os usuários de lentes de contato.

Uso na gravidez

Em vista de seu efeito vasoconstritor sistêmico potencial, não se recomenda o uso de Otrivina® durante a gravidez. Embora a xilometazolina seja excretada no leite materno, não há evidências de efeitos adversos no lactente. Desta forma, Otrivina® deve ser utilizada com cautela durante a lactação.

Interações medicamentosas

Assim como para todos os simpatomiméticos, não pode ser excluído um aumento dos efeitos sistêmicos da xilometazolina, durante o uso concomitante de antidepressivos tricíclicos ou tetracíclicos, especialmente em casos de superdosagem. A administração simultânea de xilometazolina com inibidores da MAO e/ou outras drogas simpatomiméticas não é recomendada. Severas dores de cabeça e crises hipertensivas estão bem documentadas na literatura como sendo associadas a esta combinação. Outras reações potenciais incluem náusea, vômito, arritmias cardíacas, dores no peito, sangramento intracraniano, deficiência circulatória, febre alta e morte. O uso concomitante com antidepressivos pode resultar em um aumento de pressão sanguínea.

Reações adversas / Efeitos colaterais

As seguintes reações adversas podem ocasionalmente ser observadas: sensação de queimação na narina ou na garganta, irritação local ou ressecamento da mucosa nasal, náuseas e cefaléia. Em casos isolados, foram registrados reações alérgicas sistêmicas ou distúrbios visuais passageiros.

Posologia

Otrivina deve ser aplicado após se assoar o nariz. Deve ser administrado somente a adultos ou a crianças acima de 6 anos de idade. Otrivina Gotas nasais: O paciente deve inclinar a cabeça para trás, se estiver em pé ou sentado, ou, se estiver deitado, deve pender a cabeça sobre um dos lados. Posicionar o gotejador próximo à narina e aplicar de 2 a 3 gotas da solução em cada narina. Manter a cabeça inclinada para trás por alguns minutos após a aplicação para que o medicamento se disperse por toda a narina. O produto pode ser aplicado 3 a 4 vezes ao dia. Otrivina Gel: Aplicar uma pequena quantidade de gel, o mais profundamente possível, dentro de cada narina; é recomendável fazer a última aplicação imediatamente antes de dormir. Nos resfriados, que levam à formação de crostas dentro do nariz, deve-se administrar preferencialmente Otrivina Gel.

Superdosagem

Excessiva absorção ou overdose pode resultar em arritmias, hipertensão, hipotensão, bradicardia e depressão do sistema nervoso central. Em raros casos de envenenamento acidental em crianças, o quadro clínico foi principalmente marcado por sinais como aceleração e irregularidade da pulsação, pressão arterial elevada e, algumas vezes, embotamento da consciência. Não há tratamento específico para os casos de superdosagem. Medidas apropriadas de suporte devem ser tomadas sob supervisão médica.

Características farmacológicas

A xilometazolina é um agente simpatomimético que atua sobre os receptores alfaadrenérgicos. Otrivina® contrai os vasos sangüíneos nasais, descongestionando assim a mucosa do nariz e as regiões vizinhas à faringe. O medicamento descongestiona as passagens nasais e possibilita ao paciente portador de congestão nasal respirar mais facilmente pelo nariz. O efeito® começa alguns minutos após sua aplicação e permanece por até 10 horas. Otrivina® é bem tolerada, mesmo por pacientes com mucosa sensível, e não prejudica a função mucociliar. A fórmula umectante® contém ingredientes suavizantes que auxiliam na prevenção do ressecamento e irritação da mucosa nasal. O gel é particularmente adequado para facilitar a respiração nasal à noite. Ele contém uma base que previne o ressecamento da mucosa nasal: é portanto especialmente apropriado para o tratamento de resfriados em que ocorra a formação de crostas dentro das narinas. As concentrações plasmáticas de xilometazolina no homem após aplicação nasal do produto estão abaixo dos limites de detecção da maioria dos métodos mais sensíveis.

Resultados de eficácia

Otrivina® é um descongestionante nasal que alivia rapidamente o entupimento nasal, fazendo com que você respire com mais facilidade. A fórmula umectante de Otrivina® contém ingredientes suavizantes que ajudam na prevenção do ressecamento e a irritação da mucosa nasal.

Modo de usar

Otrivina® deve ser aplicada após se assoar o nariz. Otrivina® Gotas nasais 0,1% e Otrivina® Gel devem ser administrados somente a adultos ou a crianças acima de 12 anos de idade. Para crianças menores de 12 anos, utilizar Otrivina® Gotas nasais 0,05%. Em crianças menores de 2 anos, a dose® Gotas nasais 0,05% deve ser individualizada pelo médico. Otrivina® gotas nasais 0,05%: administrar 1 ou 2 gotas da solução, a cada 8 a 10 horas. Não exceda um total de 3 aplicações diárias em cada narina. Otrivina® Gotas nasais 0,1%: administrar de 2 a 3 gotas do medicamento, quando necessário, até 3 vezes ao dia, a cada 8 a 10 horas. Não ultrapassar a dose recomendada. O paciente deve inclinar a cabeça ligeiramente para trás se estiver em pé ou sentado. Se estiver deitado, pender a cabeça sobre um dos lados. Colocar a extremidade do frasco próximo a cada narina e pressioná-lo até gotejar. Para garantir a boa distribuição® no nariz, deve-se manter a cabeça inclinada por alguns minutos após a aplicação. A solução deve ser aplicada nas duas narinas. 22 gotas = 1 mL = 1 mg de cloridrato de xilometazolina. Otrivina® Gel: até 3 vezes ao dia, a cada 8 a 10 horas. Não ultrapassar a dose recomendada. Aplicar uma pequena quantidade de gel, o mais profundamente possível, dentro de cada narina; é recomendável fazer a última aplicação imediatamente antes de dormir. Nos resfriados, que levam à formação de crostas dentro do nariz, deve-se administrar preferencialmente Otrivina® Gel.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Pacientes idosos estão mais sujeitos à ocorrência de reações adversas de Otrivina®.

Armazenagem

Conservar a embalagem bem fechada, em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). A solução nasal apresenta-se sob a forma de solução límpida e incolor. O gel nasal apresenta aspecto de gel transparente, incolor e homogêneo; após aberta a bisnaga, o gel nasal só poderá ser usado durante 1 mês. Qualquer alteração na coloração do produto representa degradação do medicamento, que deverá ser descartado.

Informações

A xilometazolina é um agente simpaticomimético que atua sobre os receptores alfa-adrenérgicos. Otrivina para uso nasal contrai os vasos sangüíneos nasais, descongestionando assim a mucosa nasal e as regiões vizinhas à faringe. O produto descongestiona as passagens nasais e possibilita ao paciente portador de congestão nasal respirar mais facilmente pelo nariz. O efeito começa alguns minutos após sua aplicação e permanece por até 10 horas. Otrivina é bem tolerado, mesmo por pacientes com mucosa sensível, e não prejudica a função mucociliar. O gel é particularmente adequado para facilitar a respiração nasal à noite. Ele contém uma base que previne o ressecamento da mucosa nasal: é portanto especialmente apropriado para o tratamento de resfriados em que ocorra a formação de crostas dentro das narinas.

Dizeres legais

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA Reg. MS - 1.0068.0084 Farm. Resp.: Marco A. J. Siqueira - CRF-SP 23.873 Lote, data de fabricação e de validade: vide cartucho Fabricado por Novartis Biociências S.A. Av. Ibirama, 518 - Complexos 441/3 - Taboão da Serra - SP CNPJ 56.994.502/0098-62 Indústria Brasileira ® = Marca registrada de Novartis AG, Basiléia, Suíça

gaisVENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA Reg. MS - 1.0068.0084 Farm. Resp.: Marco A. J. Siqueira - CRF-SP 23.873 Lote, data de fabricação e de validade: vide cartucho Fabricado por Novartis Biociências S.A. Av. Ibirama, 518 - Complexos 441/3 - Taboão da Serra - SP CNPJ 56.994.502/0098-62 Indústria Brasileira ® = Marca registrada de Novartis AG, Basiléia, Suíça