Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Farmalab

Apresentação

compr. - cart. c/ 14 compr.

Indicações

Infecções recorrentes do trato respiratório tais como bronquite, rinite, sinusite, otite, faringite, laringite e nas suas formas compostas, em crianças e adultos.

Contra-indicações

A pacientes com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula. Estimoral (lisado bacteriano) não deve ser prescrito em casos de gastrenterite aguda ou doenças auto-imunes. Estimoral (lisado bacteriano) não é recomendado para gestantes.

Advertências

Pediatria Estimoral não deve ser prescrito a crianças menores que um ano, pois seu sistema imunológico ainda não está inteiramente formado. Geral Em estados febris, o tratamento deve ser adiado.

Uso na gravidez

Gravidez Os estudos realizados até o momento não evidenciaram efeitos teratogênicos ou embriotóxicos, porém, seu uso durante a gestação não é recomendado. Lactação O uso pode estimular a formação de anticorpos na mucosa que podem ser encontrados no leite materno. O produto poderá ser usado durante a lactação a critério médico.

Interações medicamentosas

Teoricamente é possível uma diminuição da eficácia no caso de administração concomitante de imunossupressores. Não há relatos de possíveis interações com outros medicamentos.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Podem ocorrer leves distúrbios gastrintestinais. Em raros casos, foram observadas reações dermatológicas localizadas.

Posologia

Adultos e crianças: 1 comprimido diário pela manhã em jejum. A terapia deve ser administrada em dois períodos de 28 dias, intercalados por um intervalo de 28 dias sem tratamento. A terapia deverá ser iniciada no período em que não há infecção. Em caso de infecção aguda, Estimoral (lisado bacteriano) não substitui a terapia por antibióticos, porém pode ser administrado concomitantemente.

Superdosagem

Não há registros de casos de intoxicação. Se ocorrer superdosagem acidental recomenda-se instituir as medidas de suporte clínico.

Informações

Cada comprimido contém 3 mg de lisado bacteriano contendo pelo menos 1 X 109 bactérias de cada uma das seguintes cepas: Staphylococcus aureus, Streptococcus pyogenes, Streptococcus mitis, Streptococcus pneumoniae, Klebsiella pneumoniae, Branhamella catarrhalis, Haemophilus influenzae ... 3 mg O efeito (lisado bacteriano) está baseado na ativação dos mecanismos específicos e não-específicos de defesa do sistema imune das mucosas. Após administração oral, os antígenos originários do tecido linfóide e intestinal proporcionam um aumento da imunidade específica em todas as mucosas. Adicionalmente, Estimoral (lisado bacteriano) estimula vários mecanismos de defesa não-específicos. Estudos experimentais registraram os seguintes efeitos sobre o sistema imunológico específico e não-específico: * Aumento das células produtoras de IgA nas placas de Peyer; * Aumento do IgA secretor na mucosa; * Aumento de IgA específico no soro; * Aumento da atividade fagocitária; * Estimulação da ativação e proliferação dos linfócitos T (especialmente as células T-helper); * Estimulação da produção das citocinas, como a interferona gama (no tecido linfóide associado ao brônquio e nos linfócitos mesentéricos), interleucina-2 (nos linfonodos mesentéricos), interleucina-5 e interleucina-6 (no tecido linfóide associado ao brônquio); * Diminuição da reação inflamatória pulmonar através da redução das concentrações de PMN-elastase. As estruturas antigênicas contidas no Estimoral (lisado bacteriano) são absorvidas pelo epitélio intestinal, agindo sobre as células do sistema imunológico intestinal. Após o processamento dos antígenos, ocorre uma indução dos mecanismos de defesa de todo o sistema imune das mucosas, inclusive do trato brônquico.

gênicas contidas no Estimoral (lisado bacteriano) são absorvidas pelo epitélio intestinal, agindo sobre as células do sistema imunológico intestinal. Após o processamento dos antígenos, ocorre uma indução dos mecanismos de defesa de todo o sistema imune das mucosas, inclusive do trato brônquico.