Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Novartis

Apresentação

cáps. emb. c/ 20 cáps. de ação prolongada de 100 mg, 200 mg e 300 mg.

Indicações

Asma brônquica e broncoespasmo associado com bronquite e enfisema pulmonar.

Contra-indicações

Hipersensibilidade conhecida às xantinas.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais comumente relatados com Talofilina são irritação gastrintestinal e estímulo do sistema nervoso central. Podem ocorrer náusea, vômito, dor abdominal, insônia, inquietação, taquicardia ou hipotensão.

Posologia

As cápsulas devem ser tomadas com bastante líquido. A posologia ideal para cada paciente deve ser determinada individualmente, seguindo-se as recomendações seguintes: Crianças até 30 kg: 8 a 11 mg/kg, cada 12 horas. Crianças com mais de 30 kg e adultos: 300 mg, cada 12 horas. Recomenda-se esquema posológico de uma cápsula a cada 12 horas durante os 3 primeiros dias de tratamento. No 3º dia faz-se a avaliação da eficácia e tolerância. Em pacientes que sofrem principalmente de crises noturnas, pode-se tentar um esquema inicial de uma cápsula à noite (isto é, a cada 24 horas), durante três dias, avaliando-se igualmente a eficácia e a tolerância no 3º dia. Quando a resposta for adequada, deve-se continuar com o mesmo esquema posológico. Se a resposta for inadequada, e desde que o produto seja bem tolerado, pode-se instituir esquema de manutenção com uma cápsula de concentração imediatamente superior, a cada 12 ou 24 horas. Se ocorrerem sinais de superdosagem (veja Reações adversas e Superdosagem), deve-se transferir o paciente para um esquema de 12 ou 24 horas com cápsulas de concentração mais fraca. As doses recomendadas geralmente permitem que sejam atingidos níveis séricos terapêuticos (10 a 20 mg/L), proporcionando eficácia e segurança adequadas. Se for necessário exceder a dose diária de 15 mg/kg (20 mg/kg em crianças), é aconselhável controlar os níveis sangüíneos da teofilina (por radioimunoensaio ou imunoensaio enzimático).

Informações

A teofilina relaxa o espasmo da musculatura lisa, melhorando dessa forma a função pulmonar. A teofilina oral é adequada para o tratamento de manutenção de todas as doenças pulmonares obstrutivas crônicas, associadas com broncoconstrição reversível, tais como asma brônquica, bronquite crônica e enfisema. A formulação farmacêutica especial com liberação gradativa da substância ativa, assegura boa tolerância gástrica. Proporciona também eficácia mantida durante a noite, prevenindo crises matinais de asma brônquica.

o farmacêutica especial de Talofilina com liberação gradativa da substância ativa, assegura boa tolerância gástrica. Proporciona também eficácia mantida durante a noite, prevenindo crises matinais de asma brônquica.