Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Cazi

Apresentação

emb. c/ 56 compr. de 500mg.

Indicações

Tratamento de infecções que atingem o trato geniturinário, causadas por germes Gram-negativos sensíveis ao ácido nalidíxico.

Contra-indicações

O produto está contra-indicado em casos de hipersensibilidade ao ácido nalidíxico e em pacientes com história de crises convulsivas. O produto está também contra-indicado no primeiro trimestre da gravidez, durante a lactação e no primeiro trimestre de vida.

Reações adversas / Efeitos colaterais

As reações adversas observadas após a administração oral incluem: Efeitos no SNC: Sonolência, tonteiras, fraqueza, cefaléia e vertigem. Perturbações visuais subjetivas reversíveis sem repercussão objetiva têm ocorrido infreqüentemente (geralmente em cada dose durante os primeiros dias de tratamento). Essas reações incluem aumento da sensibilidade à luz, modificação da percepção das cores, dificuldade na focalização da imagem, diminuição da acuidade visual, visão dupla. Esses efeitos desaparecem, usualmente, prontamente quando a dose é reduzida ou a terapêutica descontinuada. Foram raramente reportados casos de psicose tóxica ou de breves convulsões normalmente após doses excessivas. Em geral as convulsões ocorreram em pacientes com fatores predisponentes, tais como: epilepsia ou arteriosclerose cerebral. Foram ocasionalmente observados, em lactentes e em crianças que recebiam doses terapêuticas, aumento de pressão intracraniana com abaulamento da fontanela anterior, edema papilar e cefaléia. Poucos casos de paralisia do sexto nervo craniano foram reportados. Embora os mecanismos destas reações sejam desconhecidos, os sinais e sintomas geralmente desaparecem rapidamente, sem seqüelas, quando o tratamento for descontinuado. Gastrintestinais: Dores abdominais, náuseas, vômitos e diarréia. Alérgicas: Erupção, prurido, urticária, angioedema, eosinofilia, rigidez articular e, raramente, reação anafilactóide. As reações de fotossensibilidade, envolvendo primariamente as superfícies expostas da pele desapareceram após a descontinuação da terapêutica. Outras: Raramente colestase, parestesia, acidose metabólica, trombocitopenia; leucopenia ou anemia hemolítica observadas em alguns pacientes podem ter sido associadas a uma deficiência na atividade da glicose-6-fosfatodesidrogenase.

Posologia

Adultos: A dosagem recomendada na terapêutica inicial é de 1g (2 comprimidos), 4 vezes ao dia, durante 1 ou 2 semanas, ou seja, 4g diários. Terapêutica de manutenção é de 1 comprimido, 4 vezes ao dia, ou seja, 2g diários. Crianças: Até que novas experiências sejam obtidas, Naluril não deve ser administrado em crianças com idade inferior a 3 meses. A dosagem para crianças até 12 anos de idade deve ser calculada na base de seu peso corporal. A dose diária recomendada para início de tratamento é de 55mg/kg/dia, administrada em 4 doses igualmente divididas. Na terapêutica de manutenção a dose total deve ser reduzida para 33mg/kg/dia.

ária recomendada para início de tratamento é de 55mg/kg/dia, administrada em 4 doses igualmente divididas. Na terapêutica de manutenção a dose total deve ser reduzida para 33mg/kg/dia.