Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Cristália

Apresentação

sol. inj. cx. c/ 10 e 100 amp. de 2 ml. (0,02 mg/ml)

Indicações

Narcan Neonatal é indicado para uma reversão completa ou parcial da depressão causada por narcótico, particularmente depressão respiratória, do recém-nascido de mães que utilizaram narcóticos no período peri-parto, seja no procedimento anestésico, seja por ingestão de narcóticos opiáceos naturais ou sintéticos, como propoxifeno, metadona e analgésicos agonistas-antagonistas como nalbufina, pentazocina e butorfanol. Narcan Neonatal é também indicado para o diagnóstico de superdosagem aguda por opiáceos.

Contra-indicações

Narcan Neonatal é contra-indicado para pacientes que sejam hipersensíveis a ele.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Uma abrupta reversão da depressão narcótica pode resultar em náuseas, vômitos, taquicardia e aumento da pressão arterial, tremores e sudorese. Em pacientes de pós-operatórios, uma superdose pode resultar numa significativa reversão analgésica e excitação. Hipotensão, hipertensão, taquicardia ventricular, fibrilação e edema pulmonar têm sido associados ao uso, quando administrado em pacientes de pós-operatórios. (Ver item Precauções). Alguns acessos ocorrem, sem freqüência após a administração de naloxona; embora uma relação casual não tenha sido estabelecida.

Posologia

ARCAN Neonatal pode ser administrado por via intravenosa, intramuscular ou subcutânea. O meio mais rápido de ação é alcançado por injeção intravenosa e é recomendado em situações de emergência. Infusão Intravenosa: Narcan Neonatal deve ser diluído, para aplicação intravenosa, em solução salina normal ou solução de dextrose a 5%. A adição de 2 mg em 500 ml de qualquer solução citada, fornece a concentração de 0,004 mg/ml. As misturas devem ser usadas dentro de 24 horas. Após 24 horas a solução restante não utilizada deve ser descartada. A dose deve ser ajustada de acordo com a resposta do paciente. Uso em Recém-Nascidos: Depressão induzida por narcótico - a dose inicial comum é de 0,01 mg/kg administrada por via IV ou SC. Esta dosagem deve ser repetida de acordo com a orientação prescrita na administração para adultos, para depressão narcótica pós-cirúrgica. Uso em Crianças: Superdosagem de narcóticos - Conhecida ou Suspeitada - A dosagem inicial comum, em crianças, é de 0,01 mg/kg/peso, aplicada por via IV. Se esta dosagem não alcançar o nível ideal de melhora clínica, uma dose subseqüente de 0,1 mg/kg/peso pode ser ministrada. Se a via de aplicação I.V. não for possível, Narcan Neonatal pode ser administrado por via I.M. ou subcutânea, em doses divididas. Se necessário, Narcan Neonatal pode ser diluído com água esterilizada para injeção.

Informações

Narcan Neonatal previne os efeitos opiáceos, incluindo depressão respiratória, sedação e hipotensão. Ele também pode reverter os efeitos disfóricos ou psicotomiméticos de agentes agonista-antagonistas, tal como a pentazocina. Narcan Neonatal é um antagonista puro de narcótico, isto é, não possui as propriedades agonísticas ou características morfinomiméticas de outros antagonistas de narcótico. Narcan Neonatal não produz depressão respiratória, efeitos psicotomiméticos ou contração pupilar. Na ausência de narcóticos ou de efeitos antagonistas de outro antagonista do narcótico, ele não apresenta atividade farmacológica. Narcan Neonatal não mostrou-se capaz de causar intolerância, nem produzir dependência física ou psíquica. Na presença de dependência física de narcóticos, Narcan Neonatal induzirá síndrome de abstinência.

ista do narcótico, ele não apresenta atividade farmacológica. Narcan Neonatal não mostrou-se capaz de causar intolerância, nem produzir dependência física ou psíquica. Na presença de dependência física de narcóticos, Narcan Neonatal induzirá síndrome de abstinência.