Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

União Química

Apresentação

Pomada dermatológica 5 mg + 250 UI: caixa com 1 bisnaga de 10g

Indicações

No tratamento de infecções bacterianas da pele e mucosas, causadas por microorganismos sensíveis: piodermites, impetigo, eczemas infectados, otite externa, infecções da mucosa nasal, furúnculos, antraz, ectima, abscessos, acne infectada, intertrigo, úlceras cutâneas e queimaduras infectadas. Na profilaxia de infecções cutâneo-mucosas decorrentes de cortes (inclusive de origem cirúrgica), abrasões, queimaduras pouco extensas, ferimentos produzidos por microorganismos sensíveis.

Contra-indicações

Não deve ser usado quando houver: hipersensibilidade à Neomicina ou aos outros antibióticos aminoglicosídeos, Bacitracina ou outros componentes da fórmula, insuficiência renal grave, danos preexistentes no aparelho auditivo ou no sistema labiríntico; durante a gravidez ou a amamentação. Não deve ser utilizado em bebês prematuros e nos recém-nascidos em vista da sua função renal pouco desenvolvida, o que leva ao prolongamento da meia-vida do produto e, também, pela potencial ototoxicidade e nefrotoxicidade deste medicamento.

Advertências

Gerais: pode ocorrer sensibilidade cruzada se o paciente utilizar outros produtos contendo antibióticos aminoglicosídeos. Quando o produto é aplicado em grandes áreas da pele com lesão, pode ocorrer absorção sistêmica significativa, com risco de nefrotoxicidade ou ototoxicidade, especialmente se a função renal estiver prejudicada, ou na administração concomitante de fármacos de uso sistêmico nefrotóxicos ou ototóxicos. Não empregar para uso oftálmico. As situações em que o uso de neomicina e bacitracina pomada requer criteriosa avaliação médica são: pacientes com distúrbios neuromusculares tais como Miastenia gravis e pacientes sob tratamento concomitante com relaxantes musculares; além dessas situações, requer-se monitoração em pacientes que já passaram por tratamento com canamicina e/ ou estreptomicina, com conseqüente perda da função auditiva de alta freqüência, o que normalmente é subjetivamente imperceptível.

Uso na gravidez

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez. Amamentação: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres que estejam amamentando.

Interações medicamentosas

Por causa do risco de danos ototóxicos e nefrotóxicos, é importante evitar o uso simultâneo de outras drogas potencialmente prejudiciais aos ouvidos ou aos rins, tais como aminoglicosídeos, cefalosporinas, anfotericina B, ciclosporina, metoxiflurano ou diuréticos de alça. Os antibióticos aminoglicosídeos podem potencializar a ação de relaxantes musculares.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Podem ocorrer reações alérgicas locais, em aproximadamente 1,5 % dos pacientes. O médico deve ser avisado quanto ao aparecimento dos seguintes sintomas: coceira, rash cutâneo, vermelhidão, inchaço ou quaisquer sintomas não notados anterior ao tratamento e perda auditiva (casos raros). Como a dose recomendada é baixa, geralmente não se espera nenhum efeito tóxico. Quando o produto é absorvido sistemicamente, a neomicina pode causar insuficiência renal, danos no aparelho auditivo e no sistema labiríntico. Embora o dano renal (albuminúria, aumento do nitrogênio não protéico e cilindrúria) seja reversível, os danos no aparelho auditivo não o são. Também podem ocorrer bloqueio neuromuscular, parestesia e dores musculares.

Posologia

Aplicar sobre a região afetada uma fina camada do produto 2 a 5 vezes ao dia com o auxílio de uma gaze. O tratamento deve ser continuado por 2 a 3 dias após os sintomas terem desaparecido. Quando usado em grandes áreas, ou em queimaduras localizadas, a absorção sistêmica de neomicina não pode ser mensurada. Portanto, para se evitar complicações, esta forma de tratamento deve ser seguida por curtos períodos, não maiores que 8 a 10 dias.

Superdosagem

O quadro de intoxicação é improvável caso o produto seja utilizado conforme prescrito. No caso de superdose, podem ocorrer graves efeitos tóxicos que podem resultar na perda completa da audição.

Informações

Pomada dermatológica Cada grama contém: sulfato de neomicina ..... 5 mg bacitracina zíncica .... 250 UI Excipientes: lanolina anidra, álcool cetílico, polissorbato, óleo mineral e petrolato. A neomicina determina um erro na leitura do código genético da bactéria, interferindo na síntese de suas proteínas. A bacitracina inibe a biossíntese da parede celular bacteriana. Portanto, quando usadas em conjunto, a síntese bacteriana é duplamente afetada. Evidencia-se um efeito sinérgico destes dois componentes bactericidas, por exemplo, contra o crescimento de estreptococos, enterococos, pneumococos e algumas cepas de estafilococos. A neomicina é efetiva contra microorganismos gram-positivos e particularmente contra gram-negativos. O espectro de ação da bacitracina compreende principalmente as bactérias gram-positivas e algumas bactérias gram-negativas. Nos estudos de toxicidade aguda, obtiveram-se os seguintes valores de DL50: 1.787.500 UI/ kg de peso corporal em ratos, após administração oral de Neomicina e 510.000 UI/ kg de peso corporal nos camundongos, após administração oral de Bacitracina. Este produto contém dois antibióticos de uso local e não deve ser administrado sistemicamente. As substâncias ativas neomicina e bacitracina são muito pouco absorvidas após aplicação tópica sobre a pele íntegra ou lesada e sobre as membranas mucosas. Conseqüentemente, altas concentrações dos princípios ativos são alcançadas no sítio de aplicação.

das após aplicação tópica sobre a pele íntegra ou lesada e sobre as membranas mucosas. Conseqüentemente, altas concentrações dos princípios ativos são alcançadas no sítio de aplicação.