Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Pharmacia

Apresentação

Pom. - emb. c/ bisn. de 30 g

Indicações

Farmicetina p7 é indicado em piodermites superficiais, impetigo bolhoso estrepto ou estafilocócico, sicose piogênica foliculite profunda, intertigo, lesões eritemato-exsudativas, boqueira, desidrose, dermatites exsudativas agudas e subagudas, úlceras e dermites varicosas nos membros inferiores, infecções por Pseudomonas aeruginosa. Infecção sobreposta em paraceratose, eczema, lesões herpéticas (herpes zoster, herpes febril).

Contra-indicações

O produto é contra-indicado nos pacientes com antecedentes de hipersensibilidade ao cloranfenicol ou a qualquer outro componente da fórmula.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Em raríssimos casos pode ocorrer hiperemia e sensibilização local. Discrasias sangüíneas, incluindo anemia aplástica, podem ocorrer com o uso do cloranfenicol tópico, sendo, porém, muito raras.

Posologia

Aplicação tópica em finas camadas sobre a região afetada 2 a 3 vezes ao dia.

Informações

A notória atividade antibiótica que a Farmicetina p7 exerce sobre um grande número de espécies bacterianas, vem justificar sua aplicação tópica, via de administração que permite atingir uma elevada concentração local do medicamento. O Dicloridrato de Lauroguadina Monohidratada (Substância P7), sintetizado, é um anti-séptico catiônico ativo contra uma ampla gama de germes patógenes. Possui, em grau elevado, a capacidade de diminuir a tensão superficial dos solutos aquosos, exercendo uma verdadeira ação detergente, particularmente preciosa em muitas afecções cutâneas. Os excipientes que completam a fórmula da Farmicetina p7 permitem uma penetração notável do medicamento através das camadas cutâneas superficiais. As características da Farmicetina p7 permitem, portanto, uma atividade anti-bacteriana marcante e uma verdadeira detersão do óstium folicular, que é o maior receptáculo de germes na epiderme. Além disso, esse medicamento tem escassa ou nenhuma ação hiperemiante e sensibilizante.

ana marcante e uma verdadeira detersão do óstium folicular, que é o maior receptáculo de germes na epiderme. Além disso, esse medicamento tem escassa ou nenhuma ação hiperemiante e sensibilizante.