Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Farmasa

Apresentação

Caixa com 1 blister de 8 ou 20 drágeas de 140mg.

Indicações

Valdorm (Extrato Seco de Raiz de Valeriana officinalis L.) é um fitoterápico tradicional indicado nos estados de inquietação e principalmente na dificuldade em adormecer devido ao desequilíbrio do Sistema Nervoso.

Contra-indicações

Valdorm (Extrato Seco de Raiz de Valeriana officinalis L.) está contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Advertências

Devido à possibilidade de causar sonolência, Valdorm (Extrato Seco de Raiz de Valeriana officinalis L.) pode reduzir as habilidades de dirigir veículos ou operar máquinas perigosas.

Uso na gravidez

Valdorm (Extrato Seco de Raiz de Valeriana officinalis L.) deve ser utilizado somente sob orientação médica. Não se recomenda sua utilização no primeiro trimestre de gravidez.

Interações medicamentosas

Até o momento, não foram observadas interações com outros medicamentos.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Até o momento não há relatos de efeitos adversos. Se ocorrerem reações alérgicas (erupções cutâneas) interrompa o tratamento e, se necessário, consulte seu médico.

Posologia

Nos estados de tensão, inquietação e irritabilidade, tomar 1 a 3 drágeas, com um pouco de líquido (1 copo com água). Em caso de dificuldade em adormecer devido ao desequilíbrio do Sistema Nervoso, a(s) drágea(s) deverão ser tomadas de meia a uma hora antes de se deitar.

Superdosagem

Não há relatos de superdosagem, na eventualidade de ingestão de doses acima das preconizadas.

Informações

Várias espécies de Valeriana são utilizadas na produção de fitoterápicos, devido a sua ação sedativa semelhante aos benzodiazepínicos. Os principais grupos de princípios ativos encontrados em Valeriana são os valepotriatos e os ciclopentanosesquiterpenóides. Os efeitos analgésicos e sedativos da Valeriana são atribuídos aos valepotriatos (iridóides não glicosilados), destacando-se o valtrato e isovaltrato que constituem 90% desta classe de compostos em Valeriana officinalis L.. Os ácidos valerênicos, acetoxivalerênico, e hidroxivalerênico são ciclopentanosesquiterpenóides que atuam sobre o sistema nervoso central de modo semelhante aos barbitúricos, ou seja, são capazes de induzir ao sono ou melhorar a qualidade do mesmo. Valdorm (Extrato Seco de Raiz de Valeriana officinalis L.) tem ação sedativa e soporífica. Não elimina a fase de sono, importante para um sono reparador, se distingue das ações de drogas com ação hipnótica. Não são conhecidos efeitos de farmacodependência para a Valeriana officinalis L.

oporífica. Não elimina a fase de sono, importante para um sono reparador, se distingue das ações de drogas com ação hipnótica. Não são conhecidos efeitos de farmacodependência para a Valeriana officinalis L.