Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Teuto

Referência

Minoton

Apresentação

Solução injetável 24mg/mL
Embalagem contendo 50 ampolas com 10mL.

USO ADULTO E PEDIÁTRICO
USO INTRAMUSCULAR OU INTRAVENOSO

COMPOSIÇÃO
Cada mL da solução injetável contém:
Aminofilina.................................................................................24mg
Veículo q.s.p................................................................................1mL
Excipientes: água para injeção e etilenodiamina.

Indicações

A Aminofilina está indicada no tratamento e profilaxia da asma brônquica, aliviando a sensação de falta de ar e melhorando a função pulmonar.
Previne a asma induzida pelo exercício físico.
Indicada também no tratamento da bronquite e do enfisema pulmonar. Pode também ser empregada como antiespasmódico (cólicas biliares), estimulante cardíaco, diurético e como coadjuvante no tratamento da insuficiência cardíaca congestiva e no edema pulmonar.

Contra-indicações

O PRODUTO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO A PACIENTES COM ÚLCERA PÉPTICA ATIVA, POIS PODE AUMENTAR O VOLUME E ACIDEZ DAS SECREÇÕES GÁSTRICAS. NÃO DEVE SER USADO COM OUTRAS XANTINAS.

Advertências

USAR COM PRECAUÇÃO EM PACIENTES COM DOENÇA CARDÍACA GRAVE, HIPERTIREOIDISMO, DANO HEPÁTICO, EM IDOSOS (ESPECIALMENTE HOMENS) E EM Aminofilina PODE CAUSAR TAQUICARDIA SINUSAL OU ARRITMIAS VENTRICULARES.
NÃO MISTURE MEDICAMENTOS DIFERENTES. A TROCA PODE SER FATAL.
CERTIFIQUE-SE QUE ESTÁ SENDO ADMINISTRADO O MEDICAMENTO PRESCRITO.
DEVE-SE TER EXTREMO CUIDADO PARA NÃO TROCAR AS AMPOLAS COM SOLUÇÕES DIFERENTES.

Uso na gravidez

Não se estabeleceu a segurança do uso da Aminofilina na gravidez, desta forma não deve ser usada durante a gravidez e durante a lactação, a menos que seja absolutamente necessário.

Interações medicamentosas

Níveis séricos elevados de teofilina podem ocorrer em pacientes tratados concomitantemente com Aminofilina e cimetidina, troleandomicina, eritromicina, alopurinol ou contraceptivos orais. A adição de efedrina ou outras drogas simpatomiméticas à terapia com Aminofilina aumenta o potencial de toxicidade e pode resultar em sintomas de superdosagem. Uso concomitante com fenobarbital, fenitoína ou rifampicina pode aumentar a depuração da teofilina, necessitando de um possível aumento na dose. A Aminofilina pode antagonizar os efeitos do propranolol.

Reações adversas / Efeitos colaterais

PODEM OCORRER NÁUSEAS, VÔMITOS, ANOREXIA, DISPEPSIA, DIARREIA, PALPITAÇÃO, TAQUICARDIA, VERTIGEM, CEFALEIA, DISTÚRBIOS VISUAIS, TAQUIPNEIA E COMA.

Posologia

1 a 2 ampolas por via intravenosa ou 1 a 2 ampolas por via intramuscular, 2 vezes por semana até 2 vezes ao dia.
A fim de se evitar reações indesejáveis, a aplicação intravenosa deve ser efetuada lentamente (3 a 5 minutos). A injeção intramuscular deve ser aplicada na região glútea, profundamente.

Superdosagem

Descontinuar o uso do medicamento imediatamente em caso de superdosagem. Medicação emética e lavagem gástrica podem ser usadas. Monitorizar o paciente para evitar hipotensão e desidratação.

Características farmacológicas

A Aminofilina, ou seja, a teofilina etilenodiamina, encontra-se amplamente indicada na patologia respiratória, circulatória e renal.
Seu mecanismo de ação não está ainda totalmente esclarecido.
Age relaxando o músculo liso dos brônquios e dos vasos sanguíneos pulmonares, parece que por alteração da concentração dos íons cálcio no músculo liso, bloqueio dos receptores da adenosina e inibição da liberação de histamina e leucotrienos nos mastócitos.
Estimula o centro respiratório medular, talvez por aumentar a sensibilidade do mesmo às ações estimulantes do dióxido de carbono e aumentar a ventilação alveolar.
Tem outras ações tais como: vasodilatadora coronária, diurética e estimulação cardíaca, cerebral e do músculo esquelético.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Idosos: O produto pode ser utilizado por pacientes com idade acima de 65 anos desde que se observem as precauções necessárias.

Armazenagem

DURANTE O CONSUMO ESTE PRODUTO DEVE SER MANTIDO NO CARTUCHO DE CARTOLINA, CONSERVADO EM TEMPERATURA AMBIENTE (15 A 30°C). PROTEGER DA LUZ E UMIDADE.

Dizeres legais

Nº do lote e data de fabricação: VIDE CARTUCHO
VENDA SOB A PRESCRIÇÃO MÉDICA
Farm. Resp.: Andreia Cavalcante Silva
CRF-GO nº 2.659
M. S. Nº 1.0370.0286

LABORATÓRIO
TEUTO BRASILEIRO S/A.
CNPJ - 17.159.229/0001-76
VP 7-D Módulo 11 Qd. 13 - DAIA
CEP 75132-140 - Anápolis - GO
Indústria Brasileira

Bula para o Paciente

Ação do medicamento: O produto trata e previne a asma brônquica, alivia a sensação de falta de ar e melhora a função pulmonar. Previne a asma induzida pelo exercício físico.

Indicações do medicamento: A Aminofilina está indicada no tratamento e profilaxia da asma brônquica, aliviando a sensação de falta de ar e melhorando a função pulmonar.
Previne a asma induzida pelo exercício físico.
Indicada também no tratamento da bronquite e do enfisema pulmonar. Pode também ser empregada como antiespasmódico (cólicas biliares), estimulante cardíaco, diurético e como coadjuvante no tratamento da insuficiência cardíaca congestiva e no edema pulmonar.

Riscos do medicamento:
CONTRAINDICAÇÕES: O PRODUTO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO A PACIENTES COM ÚLCERA PÉPTICA ATIVA, POIS PODE AUMENTAR O VOLUME E ACIDEZ DAS SECREÇÕES GÁSTRICAS. NÃO DEVE SER USADO COM OUTRAS XANTINAS.

ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES: USAR COM PRECAUÇÃO EM PACIENTES COM DOENÇA CARDÍACA GRAVE, HIPERTIREOIDISMO, DANO HEPÁTICO, EM IDOSOS (ESPECIALMENTE HOMENS) E EM NEONATOS.
PODEM OCORRER REAÇÕES CRUZADAS DE SENSIBILIDADE ENTRE XANTINAS.
A ANESTESIA PELO HALOTANO NA PRESENÇA DE Aminofilina PODE CAUSAR TAQUICARDIA SINUSAL OU ARRITMIAS VENTRICULARES.
NÃO MISTURE MEDICAMENTOS DIFERENTES. A TROCA PODE SER FATAL.
CERTIFIQUE-SE QUE ESTÁ SENDO ADMINISTRADO O MEDICAMENTO PRESCRITO.
DEVE-SE TER EXTREMO CUIDADO PARA NÃO TROCAR AS AMPOLAS COM SOLUÇÕES DIFERENTES

Interações medicamentosas: Níveis séricos elevados de teofilina podem ocorrer em pacientes tratados concomitantemente com Aminofilina e cimetidina, troleandomicina, eritromicina, alopurinol ou contraceptivos orais. A adição de efedrina ou outras drogas simpatomiméticas à terapia com Aminofilina aumenta o potencial de toxicidade e pode resultar em sintomas de superdosagem. Uso concomitante com fenobarbital, fenitoína ou rifampicina pode aumentar a depuração da teofilina, necessitando de um possível aumento na dose. A Aminofilina pode antagonizar os efeitos do propranolol.

Uso durante a Gravidez e Amamentação: Não se estabeleceu a segurança do uso da Aminofilina na gravidez, desta forma não deve ser usada durante a gravidez e durante a lactação, a menos que seja absolutamente necessário.

Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob a orientação médica.

Informe a seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Não há contraindicação relativa a faixas etárias.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

NÃO USE MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

Modo de uso:
Aspecto físico: Solução límpida incolor a levemente amarelada.
Posologia: 1 a 2 ampolas por via intravenosa ou 1 a 2 ampolas por via intramuscular, 2 vezes por semana até 2 vezes ao dia.
A fim de se evitar reações indesejáveis, a aplicação intravenosa deve ser efetuada lentamente (3 a 5 minutos). A injeção intramuscular deve ser aplicada na região glútea, profundamente.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Prazo de validade: 24 meses a partir da data de fabricação (VIDE CARTUCHO).

Não use o medicamento com prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Atenção: O número de lote e data de validade gravados na ampola podem se tornar ilegíveis ou até serem perdidos caso a embalagem entre em contato com algum tipo de solução alcoólica.

REAÇÕES ADVERSAS: INFORME SEU MÉDICO O APARECIMENTO DE REAÇÕES DESAGRADÁVEIS COM O USO DO PRODUTO, TAIS COMO: NÁUSEAS, VÔMITOS, DIARREIA, DOR DE CABEÇA, PALPITAÇÕES.

Conduta em caso de superdose: Descontinuar o uso do medicamento imediatamente em caso de superdosagem.
Medicação emética e lavagem gástrica podem ser usadas.
Monitorizar o paciente para evitar hipotensão e desidratação.

Cuidados de conservação e uso: DURANTE O CONSUMO ESTE PRODUTO DEVE SER MANTIDO NO CARTUCHO DE CARTOLINA, CONSERVADO EM TEMPERATURA AMBIENTE (15 A 30°C). PROTEGER DA LUZ E UMIDADE.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

o.

Cuidados de conservação e uso: DURANTE O CONSUMO ESTE PRODUTO DEVE SER MANTIDO NO CARTUCHO DE CARTOLINA, CONSERVADO EM TEMPERATURA AMBIENTE (15 A 30°C). PROTEGER DA LUZ E UMIDADE.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.