Bulas de Remédios

As bulas constantes no ER Clinic são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Laboratório

Farmasa

Apresentação

emb. c/ 4 e 8 compr. de 500 mg.

Indicações

O Amplium está indicado no tratam. de infecções do aparelho geniturinário da mulher e do homem causadas por Trichomonas vaginalis, assim como no tratam. da giardíase, amebíase intestinal e infecções por anaeróbios. Nas infecções anaeróbicas, é usado tanto na prevenção de infecções pós-operatórias (cirurgias gastrointestinais e ginecológicas) como no tratam. de infecções intraperitoniais, ginecológicas, respiratórias, septicemia e infecções da ferida cirúrgica.

Contra-indicações

Pacientes c/ história de discrasias sanguíneas ou portadores de doenças do sistema nervoso central. Está igualmente contra-indicado em pacientes c/ conhecida hipersensibilidade à droga. Em geral são pouco freqüentes, leves e transitórias: náusea, vômito, anorexia, diarréia, sensação de sabor metálico; muito raramente ocorrem rash cutâneo, prurido, urticária, edema angioneurótico e leucopenia transitória, cefaléia, fadiga, língua pilosa e urina escura.

Reações adversas / Efeitos colaterais

Em geral são pouco freqüentes, leves e transitórias: náusea, vômito, anorexia, diarréia, sensação de sabor metálico; muito raramente ocorrem rash cutâneo, prurido, urticária, edema angioneurótico e leucopenia transitória, cefaléia, fadiga, língua pilosa e urina escura.

Posologia

Na tricomoníase e giardíase: 4 compr. de 500 mg em dose única. Na amebíase intestinal: 4 compr. de 500 mg, em dose única, por 2 dias consecutivos. Nas infecções anaeróbicas: 4 compr. de 500 mg no primeiro dia e, a seguir, 2 compr. por dia durante 5 ou 6 dias, ou a critério médico. Na profilaxia de infecções pós-operatórias, dose única de 4 compr. aproximadamente 12 horas antes da cirurgia. Os compr. convém sejam administrados durante ou após uma refeição.

Informações

O Amplium é rápida e completamente absorvido após administração oral. Os níveis séricos máximos ocorrem em aproximadamente 2 horas, sendo sua meia-vida de 12 a 14 horas. O tinidazol é excretado principalmente pelos rins e, em menor extensão, pelas fezes. Em pacientes c/ insuficiência renal as características farmacocinéticas não são acentuadamente alteradas, em comparação c/ as de voluntários sadios, o que permite manter a dose do tinidazol, mesmo em pacientes c/ esta patologia. Sua ligação protéica é de aproximadamente 12%. Após administração, o tinidazol se distribui por vários tecidos e líquidos orgânicos, inclusive o L.C.R. A ação do Amplium contra bactérias anaeróbicas e protozoários é devida à sua penetração na célula do microorganismo, c/ subsequente dano aos cordões de DNA ou inibição de sua síntese. O Amplium é ativo contra protozoários e bactérias anaeróbicas. Sua atividade antiprotozoário envolve Trichomonas vaginalis, Entamoeba histolytica e Giardia lamblia. Entre as bactérias anaeróbicas sensíveis ao tinidazol temos Bacteroides fragilis, Bacteroides melaninogenicus, Bacteroides sp, Gardnerella vaginalis, Clostridium sp, Eubacterium sp, Fusobacterium sp, Peptococcus sp e Verllonella sp. É igualmente eficaz contra a bactéria Helicobacter pylori. A cura clínica e parasitológica da Tricomoníase é obtida em elevada percentagem quando a mulher e o seu parceiro são tratados concomitantemente.

ntra a bactéria Helicobacter pylori. A cura clínica e parasitológica da Tricomoníase é obtida em elevada percentagem quando a mulher e o seu parceiro são tratados concomitantemente.